Cuiabá (MT), terça, 30 de setembro de 2014
Turma do Epa
Quarta, 15 de maio de 2013, 19h39
Chapeu SEM INVESTIMENTO

Escolas estaduais e as precariedades no espaço físico

Estabelecimentos de ensino do Estado recebem equipamentos de ar condicionado mas não podem instalar os aparelho devido a fragilidade ou falta da rede elétrica nas unidades de ensino.
Fernanda Leite  / Cuiabá - MT

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso, em ato público realizado nesta quarta-feira (15/05) na Praça Alencastro em Cuiabá, mostraram como estão as condições das escolas públicas de todo o Estado: uma verdadeira calamidade pública.

Das 729 unidades escolares, foram apresentados por meio de exposição fotográfica os problemas registrados em 50 escolas estaduais de vários municípios. Os representantes da educação de cada região relataram que os problemas na estrutura física das unidades educacionais são praticamente os mesmos e predominam entre eles as deficiências nas redes elétrica e hidráulica, além da falta de manutenção.

Gestão Maggi

Os educadores apontaram que a maioria dos problemas estruturais surgiu nas reformas efetuadas na gestão do ex-governador Blairo Maggi (PR).

O diretor da Escola Estadual Padre Arlindo, do município de Campo Novo dos Parecis, professor Cezar Augusto Guedes, relatou que na escola que administra,  a última reforma foi feita no ano de 2003. Segundo ele, a rede elétrica não comporta atualmente as necessidades da instituição escolar devido à espessura dos fios que não suportam mais carga.

“Desde a gestão do Maggi até hoje, não há reformas, somente maquiagem. Não dá para usar nem ventiladores nas salas de aula imaginem ar condicionado”, reclamou. Por falta de capacidade da rede elétrica o docente disse que em menos de um ano 13 ventiladores foram danificados na escola que administra.

Em Cuiabá, uma das unidades citadas com problemas estruturais é a  Escola Estadual Leovegildo de Melo, no CPA III. O estabelecimento dispõe de 6 aparelhos de ar condicionado que não podem ser ligados pelos riscos que poderá provocar na rede elétrica.

Em Cáceres, o representante da sub-sede do Sintep, Orlando Cavalcante, aponta que as escolas são usadas para interesses eleitorais. “Alguns políticos mandam fazer uma pintura ou um puxadinho e pronto. Dá a impressão que as escolas estão em boa conservação, mas o tempo  acaba mostrando que não”, observou ele.

O professor denunciou ainda, princípios de incêndio e até ocorrências de maiores proporções ocasionadas por problemas na rede elétrica. “As paredes estão mofadas e várias escolas já foram queimadas em Cáceres por curtos nas instalações elétricas”, criticou Orlando.

Em Barra do Garças a denuncia se refere ao recebimento de tablets na Escola Maria Nazareth. A unidade escolar está inclusa no programa do Governo Federal "Um Computador por Aluno", porém não pode utilizar os aparelhos por falta de tomadas de energia elétrica. Os equipamentos continuam empacotados e  envelhecendo sem condições de uso.

Sintep protocola denúncia

Paralelo a manifestação na praça, os representantes do Sintep/MT protocolaram em cinco órgãos públicos um dossiê com 264 páginas ilustrado com fotografias e descrição dos problemas registrados nos estabelecimentos educacionais. 

 Receberam o documento com a denúncia: Ministério Público Estadual (MPE), Gabinete do Governador, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Secretaria de Estado da Educação  (Seduc) e Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso institucionalizaram o dia 15 de maio como uma data em que se manifestarão em prol do ensino público de qualidade. A manifestação teve início neste ano de 2013 e se depender da iniciativa do Governo Estadual em promover as reformas nas escolas, o protesto seguira por muitos anos.


 leia também
Segunda, 29 de setembro de 2014
07:37
Chapeu ELEIÇÕES 2014
Uma dura reta final
Coligação quer abater fatura num só turno.
Sábado, 27 de setembro de 2014
19:51
Chapeu ELEIÇÕES 2014
O "espólio" da gestão Silval
Do VLT à fossa da Escola Estadual, o governador deixa obras incompletas, problemáticas e muito dinheiro contratado e não gasto. Ainda.
Sexta, 26 de setembro de 2014
07:40
Chapeu EDUCAÇÃO
Rondonópolis: Campus pode ser Universidade
Comitê Pró-Universidade Federal de Rondonópolis busca emancipação do campus.
Quinta, 25 de setembro de 2014
07:46
Chapeu Viagens
Receita reforçará fiscalização de passageiros de voos internacionais em 2015
A Receita Federal em trabalho conjunto com a Polícia Federal vai usar programas de computador capazes de sugerir passageiros passíveis de abordagem e fiscalização mais rigorosa.
07:42
Chapeu  ELEIÇÕES 2014
A magia das pesquisas externas e "internas"
O eleitorado ainda não se acostumou com as pesquisas o suficiente para vê-las mas votar com a própria convicção. Muitos querem a "pule" do cavalo vencedor.
Quarta, 24 de setembro de 2014
10:47
Chapeu ELEIÇÕES 2014
Lúdio e Taques aumentam ataques
Taques, em informações vazadas de seu comitê central, faz um esforço para definir a campanha em turno único. Ataques de Lúdio querem impedir crescimento de Taques e levar eleição a um segundo turno. Será?
10:42
Chapeu PACIFISMO
Dilma vai recomendar diálogo para fim de conflitos
A Presidente da República Federativa do Brasil, Dilma Roussef, deverá abrir a 69ª Assembleia Geral da ONU propondo o diálogo para a solução de conflitos que afligem o mundo.
Terça, 23 de setembro de 2014
07:56
Chapeu  ELEIÇÕES 2014
Um segundo turno provável
Pesquisas apontam proximidade entre Lúdio Cabral e Taques
07:51
Chapeu ROUBO DE AVIÃO
PF reforça linha de investigação
O sequestro dos pilotos e roubo da aeronave prefixo PR - ATY em Pontes e Lacerda demonstrou uma ação planejada com pleno conhecimento da rotina dos pilotos e da candidata. Proximidade da fronteira configurou apenas a situação ideal.
Segunda, 22 de setembro de 2014
07:36
Chapeu ELEIÇÕES 2014
Janete Riva descarta ação política
Candidata se recusa a dar guarida a comentários de uma suposta "armação política" para sequestro e roubo de aeronave

+ ver todas as matérias
Eparre

 Apreensão


Há um clima de apreensão nos comitês de campanha. É aquela tensão difusa própria das retas finais de campanhas eleitorais.

 Janete


Janete Riva fez um baita esforço para chegar ao percentual de votos que exibiu na pesquisa Ibope. Ainda que ela ache o percentual subestimado é uma prova de prestígio político para quem nunca disputou mandato.

 Traquejo


Janete é traquejada. Consegue dialogar com todos. Tem simpatia. Conhece bem o Estado. Conversa com disposição e está sempre atenta a uma boa interlocução.

 Antes


Riva deveria ter desistido antes. Janete poderia aproveitar o impulso da campanha do marido e dar a sua própria roupagem à campanha. Ganharia no corte e feitio.

 Bancada


Há uma preocupação em construir uma espécie de "bunker" com uma boa bancada de deputados estaduais. Seria uma espécie de "enclave oposicionista" na Assembleia.

 Difícil


Pode até ser um projeto mas esbarra numa constatação: deputados são personalistas. Esquecem no dia seguinte da eleição que foram eleitos por quociente eleitoral que envolveu todo um arranjo partidário. Tendem a considerar o mandato como uma propriedade particular e não como uma delegação popular. Deputados em Mato Grosso precisam de apoio do governo para cevarem as respectivas bases. Essa é uma verdade inelutável e a praxis demonstra isso.

 Oposição necessária


A única oposição de peso foi enfrentada por Júlio Campos ao tempo do PDS e MDB (PMDB). Fora disso nunca mais se viu Oposição de fato. Numericamente inexpressiva e ideologicamente invertebrada, a Oposição, quando existente sempre foi pontual, inorgânica e pouco consistente. Não se percebe como isso possa mudar e, mais ainda, se vai mudar.

Eparre

Segunda, 29 de setembro de 2014
Natercio Amorim
Putz. Os chefes estavamolhando tudo. Homework dá nisso mesmo. Mas que é bom e como dá...Rs...rs...rs...rs...Muito boa a seleção de videos. O EPA é impagável nisso...

Segunda, 29 de setembro de 2014
Mario Fernandes
Alguém precisa dizer ao Taques que queremos uma gestão de verdade e não vingança jurídica. Seus tempos de procurador ficaram no passado ou vai passar 4 anos procurando? Vou refletir sobre essa posição do candidato. Que se faça a justiça encaminhando elementos aos órgãos jurídicos. O resto é governar se não pra que se candidatou?

Segunda, 29 de setembro de 2014
Lucio Almeida
Rapaz. Que mulher de sorte né? kkkkkkkk

Segunda, 29 de setembro de 2014
Decio de Assis
Vcs estão econômicos em matéria de notícias eleitorais. Esta do Silval, no entanto, merece reflexão. Taques promete, de forma raivosa, que fará o pessoal devolver a grana pega indevidamente. Td bem. Concordo com ele. Só não disse quando. Acredite quem quiser.

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
A difícil vida dos seguranças de aeroportos nos Estados Unidos
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados