Cuiabá (MT), sábado, 25 de outubro de 2014
Turma do Epa
Quarta, 15 de maio de 2013, 19h39
Chapeu SEM INVESTIMENTO

Escolas estaduais e as precariedades no espaço físico

Estabelecimentos de ensino do Estado recebem equipamentos de ar condicionado mas não podem instalar os aparelho devido a fragilidade ou falta da rede elétrica nas unidades de ensino.
Fernanda Leite  / Cuiabá - MT

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso, em ato público realizado nesta quarta-feira (15/05) na Praça Alencastro em Cuiabá, mostraram como estão as condições das escolas públicas de todo o Estado: uma verdadeira calamidade pública.

Das 729 unidades escolares, foram apresentados por meio de exposição fotográfica os problemas registrados em 50 escolas estaduais de vários municípios. Os representantes da educação de cada região relataram que os problemas na estrutura física das unidades educacionais são praticamente os mesmos e predominam entre eles as deficiências nas redes elétrica e hidráulica, além da falta de manutenção.

Gestão Maggi

Os educadores apontaram que a maioria dos problemas estruturais surgiu nas reformas efetuadas na gestão do ex-governador Blairo Maggi (PR).

O diretor da Escola Estadual Padre Arlindo, do município de Campo Novo dos Parecis, professor Cezar Augusto Guedes, relatou que na escola que administra,  a última reforma foi feita no ano de 2003. Segundo ele, a rede elétrica não comporta atualmente as necessidades da instituição escolar devido à espessura dos fios que não suportam mais carga.

“Desde a gestão do Maggi até hoje, não há reformas, somente maquiagem. Não dá para usar nem ventiladores nas salas de aula imaginem ar condicionado”, reclamou. Por falta de capacidade da rede elétrica o docente disse que em menos de um ano 13 ventiladores foram danificados na escola que administra.

Em Cuiabá, uma das unidades citadas com problemas estruturais é a  Escola Estadual Leovegildo de Melo, no CPA III. O estabelecimento dispõe de 6 aparelhos de ar condicionado que não podem ser ligados pelos riscos que poderá provocar na rede elétrica.

Em Cáceres, o representante da sub-sede do Sintep, Orlando Cavalcante, aponta que as escolas são usadas para interesses eleitorais. “Alguns políticos mandam fazer uma pintura ou um puxadinho e pronto. Dá a impressão que as escolas estão em boa conservação, mas o tempo  acaba mostrando que não”, observou ele.

O professor denunciou ainda, princípios de incêndio e até ocorrências de maiores proporções ocasionadas por problemas na rede elétrica. “As paredes estão mofadas e várias escolas já foram queimadas em Cáceres por curtos nas instalações elétricas”, criticou Orlando.

Em Barra do Garças a denuncia se refere ao recebimento de tablets na Escola Maria Nazareth. A unidade escolar está inclusa no programa do Governo Federal "Um Computador por Aluno", porém não pode utilizar os aparelhos por falta de tomadas de energia elétrica. Os equipamentos continuam empacotados e  envelhecendo sem condições de uso.

Sintep protocola denúncia

Paralelo a manifestação na praça, os representantes do Sintep/MT protocolaram em cinco órgãos públicos um dossiê com 264 páginas ilustrado com fotografias e descrição dos problemas registrados nos estabelecimentos educacionais. 

 Receberam o documento com a denúncia: Ministério Público Estadual (MPE), Gabinete do Governador, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Secretaria de Estado da Educação  (Seduc) e Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso institucionalizaram o dia 15 de maio como uma data em que se manifestarão em prol do ensino público de qualidade. A manifestação teve início neste ano de 2013 e se depender da iniciativa do Governo Estadual em promover as reformas nas escolas, o protesto seguira por muitos anos.


 leia também
Sexta, 24 de outubro de 2014
07:38
Chapeu NA MIRA
MP busca ressarcir R$ 75 milhões do JBS
Benefícios indevidos engordaram caixa de processadora de carne
Quinta, 23 de outubro de 2014
07:45
Chapeu ENXUGAMENTO
Taques quer extinguir MT Saúde
O boato é que a Unimed já saiu à frente tendo captado, sem qualquer tipo de oposição e com facilidades até para as consignações em folha, a adesão aos planos de saúde da Cooperativa.
Segunda, 20 de outubro de 2014
07:57
Chapeu  MEDIDAS IMPOPULARES
Pivetta anuncia demissões para enquadrar folha de pagamento
Demissões e redução de cargos comissionados devem manter folha em 50% da arrecadação.
Domingo, 19 de outubro de 2014
21:18
Chapeu eleições 2014
TSE proíbe propagandas em que Dilma e Aécio trocam acusações
O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu, na noite de ontem (18), suspender trechos da propaganda eleitoral do candidato do PSDB
Sábado, 18 de outubro de 2014
10:55
Chapeu Agronegócio
Cooperativa pode instrumentar moinho de trigo em MT
Estudo do Imea mostra que indústria é viável e sistema cooperativo seria solução ideal.
Sexta, 17 de outubro de 2014
07:44
Rodovias brasileiras tiveram "discreta melhora" em 2014, diz CNT
Em termos ambientais, se todas as rodovias fossem boas ou ótimas, o país teria economizado 737 milhões de litros de óleo diesel
Quinta, 16 de outubro de 2014
07:42
Chapeu RISCO
Incêndio demonstra fragilidades
A construção de novos edifícios em Cuiabá se é uma demonstração de pujança por um lado, é motivo de preocupações de outro. Será que "plantas padronizadas" não precisam, antes, de adaptação para serem construídas aqui?
07:38
Chapeu TRANSIÇÃO
Pivetta anuncia corte de 7 Secretarias
Seria interessante que a gestão pública do Estado não fosse transformada em simples laboratório para o exercício de voluntarismo. Revisão de organogramas precisam de estudos detalhados e não mera disposição de vontade de mandantes.
Quarta, 15 de outubro de 2014
10:58
Chapeu economia
IBGE mostra que vendas do comércio cresceram 1,1% em agosto
O volume de vendas do comércio varejista teve um crescimento de 1,1% na passagem de julho para agosto
10:50
Chapeu ELEIÇÕES 2014
Um debate tenso e áspero
Dilma elencou escândalos conhecidos e não apurados no Governo FHC, a saber: SIVAM (contrato biliardário para um sistema de vigilância da Raytheon para a Amazônia), a "Pasta Rosa", um esquema de financiamento a políticos por Caixa 2

+ ver todas as matérias
Eparre

 Prenúncio


O bloqueio de contas do governador e de seus principais secretários decretado pelo em caráter preliminar pelo juízo da Vara de Fazenda Pública é um mal sinal. Vem mais coisa por aí.

 Banca


Espalha-se que o primeiro escalão do governo que sai já tem uma boa banca de advogados para se manter em liberdade e garantir o patrimônio embora já se saiba que boa parte das posses já têm outros proprietários.

 Transição


A transição já foi normatizada pelo governo que sai. O tema prevalecente nas coletivas, no entanto, é corrupção. Um discurso cansativo e que já cumpriu a sua finalidade eleitoral. Trata-se, agora, de investigar os casos e manter o embalo de Mato Grosso.

 Bola pra frente


O povo, agora, quer saber de bola pra frente. Que se responsabilizem os que fizeram mau uso do dinheiro público mas que não se faça disso a razão de existir de um período administrativo. O Estado precisa mais do que isso. Investigar e punir é obrigação e tarefa cotidiana a ser tocada com outras de não menos importância.

 Aflição


Adeptos das campanhas Dilma e Aécio não escondem a aflição. Nem a dianteira é tão grande que não possa ser superada,nem a rabeira, nesse momento, é decisiva. Ainda há muito jogo pela frente.

Eparre

Sexta, 24 de outubro de 2014
Daniel Fernandes
O que será que está havendo com esse pessoal? Esse modelo de representação política tá falido mesmo. Ninguém foi ouvido. Será que os servidores preferem o SUS MELHORADO? Rs..rs...rs..Pergunta: pq ninguém critica a Unimed? Será a instituição perfeita? Até achei estranho ler isso num site.

Quarta, 22 de outubro de 2014
Geraldo Fernandes
O que será que o Taques vai fazer com o Detran? Todo mundo sabe que quem manda lá é o Mauro Savi.

Quarta, 22 de outubro de 2014
Sergio Araujo
Quem abriu o mercado chinês para a carne brasileira? Dilma. Quem abriu o mercado russo para a carne bovina, de frango e de porco? Dilma. O que os produtores rurais podem ter contra uma presidenta capaz de um trabalho dessa natureza? é só lembrar a reunião dos BRICS em Fortaleza ainda este para ver o resultado desse esforço. Esse Estado não merece dar mais uma vitória para a tucanaiada.

Segunda, 20 de outubro de 2014
Laudemir
Putz meu. Esse berranteiro matador de onça não é mole não! Segura peão...

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
Stealth Electric Bikes - Bicicletas elétricas muito estilosas
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados