Cuiabá (MT), quinta, 02 de abril de 2015
Turma do Epa
Quarta, 15 de maio de 2013, 19h39
Chapeu SEM INVESTIMENTO

Escolas estaduais e as precariedades no espaço físico

Estabelecimentos de ensino do Estado recebem equipamentos de ar condicionado mas não podem instalar os aparelho devido a fragilidade ou falta da rede elétrica nas unidades de ensino.
Fernanda Leite  / Cuiabá - MT

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso, em ato público realizado nesta quarta-feira (15/05) na Praça Alencastro em Cuiabá, mostraram como estão as condições das escolas públicas de todo o Estado: uma verdadeira calamidade pública.

Das 729 unidades escolares, foram apresentados por meio de exposição fotográfica os problemas registrados em 50 escolas estaduais de vários municípios. Os representantes da educação de cada região relataram que os problemas na estrutura física das unidades educacionais são praticamente os mesmos e predominam entre eles as deficiências nas redes elétrica e hidráulica, além da falta de manutenção.

Gestão Maggi

Os educadores apontaram que a maioria dos problemas estruturais surgiu nas reformas efetuadas na gestão do ex-governador Blairo Maggi (PR).

O diretor da Escola Estadual Padre Arlindo, do município de Campo Novo dos Parecis, professor Cezar Augusto Guedes, relatou que na escola que administra,  a última reforma foi feita no ano de 2003. Segundo ele, a rede elétrica não comporta atualmente as necessidades da instituição escolar devido à espessura dos fios que não suportam mais carga.

“Desde a gestão do Maggi até hoje, não há reformas, somente maquiagem. Não dá para usar nem ventiladores nas salas de aula imaginem ar condicionado”, reclamou. Por falta de capacidade da rede elétrica o docente disse que em menos de um ano 13 ventiladores foram danificados na escola que administra.

Em Cuiabá, uma das unidades citadas com problemas estruturais é a  Escola Estadual Leovegildo de Melo, no CPA III. O estabelecimento dispõe de 6 aparelhos de ar condicionado que não podem ser ligados pelos riscos que poderá provocar na rede elétrica.

Em Cáceres, o representante da sub-sede do Sintep, Orlando Cavalcante, aponta que as escolas são usadas para interesses eleitorais. “Alguns políticos mandam fazer uma pintura ou um puxadinho e pronto. Dá a impressão que as escolas estão em boa conservação, mas o tempo  acaba mostrando que não”, observou ele.

O professor denunciou ainda, princípios de incêndio e até ocorrências de maiores proporções ocasionadas por problemas na rede elétrica. “As paredes estão mofadas e várias escolas já foram queimadas em Cáceres por curtos nas instalações elétricas”, criticou Orlando.

Em Barra do Garças a denuncia se refere ao recebimento de tablets na Escola Maria Nazareth. A unidade escolar está inclusa no programa do Governo Federal "Um Computador por Aluno", porém não pode utilizar os aparelhos por falta de tomadas de energia elétrica. Os equipamentos continuam empacotados e  envelhecendo sem condições de uso.

Sintep protocola denúncia

Paralelo a manifestação na praça, os representantes do Sintep/MT protocolaram em cinco órgãos públicos um dossiê com 264 páginas ilustrado com fotografias e descrição dos problemas registrados nos estabelecimentos educacionais. 

 Receberam o documento com a denúncia: Ministério Público Estadual (MPE), Gabinete do Governador, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Secretaria de Estado da Educação  (Seduc) e Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Os trabalhadores da Educação de Mato Grosso institucionalizaram o dia 15 de maio como uma data em que se manifestarão em prol do ensino público de qualidade. A manifestação teve início neste ano de 2013 e se depender da iniciativa do Governo Estadual em promover as reformas nas escolas, o protesto seguira por muitos anos.


 leia também
Quarta, 01 de abril de 2015
08:12
Chapeu REFORÇO
MT espera RS$ 1,12 bi do Governo Federal
Ministro Joaquim Levy aguarda Orçamento de 2015 para definir repasses
Terça, 31 de março de 2015
08:14
Chapeu direitos humanos
Famílias que serão removidas por causa de Belo Monte recorrem à defensoria
Mais de 500 famílias de Altamira (PA) que terão de ser deslocadas por causa da construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte procuraram ajuda da Defensoria Pública da União (DPU), nos últimos dois meses
Segunda, 30 de março de 2015
12:50
Chapeu fies
Fies passa a exigir média mínima no Enem
A partir de hoje (30), o estudante que tiver média inferior a 450 pontos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderá se inscrever para uma bolsa do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
12:43
Chapeu MT INTEGRADO
Uma boa herança de Silval?
O governador Pedro Taques, com o caixa reforçado em R$ 56 milhões, vai deslanchar o MT Integrado. Só para este ano a "herança" de Silval, contratada por empréstimo, vai dispor de R$ 400 milhões para a pavimentação de estradas.
Domingo, 29 de março de 2015
20:44
Chapeu ministério da fazenda
Levy contesta interpretação de frase sobre Dilma
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, contestou o que considerou uma interpretação errada de frase dita por ele a membros do setor financeiro durante uma palestra em São Paulo
Sábado, 28 de março de 2015
19:29
Chapeu hora do planeta
Hora do Planeta apaga luzes por uma hora em todo o país
Às 20h30 de hoje (28), vários pontos em todo o Brasil vão ficar às escuras por uma hora.
Sexta, 27 de março de 2015
07:35
Chapeu operação zelotes
Grandes bancos são alvo de operação da PF contra fraudes na Receita
A Polícia Federal já apreendeu mais de R$ 1,3 milhão, em espécie, como parte da Operação Zelotes, deflagrada no Distrito Federal
Quinta, 26 de março de 2015
08:02
Chapeu Purple Day
Campanha mundial Purple Day tem dia de conscientização sobre epilepsia
Com o objetivo de divulgar informações e combater o preconceito contra as pessoas que convivem com a epilepsia, associações de pacientes trouxeram para o Brasil a campanha mundial Purple Day, o Dia Lilás.
Quarta, 25 de março de 2015
08:31
Chapeu política
Dilma envia MP que estende política de valorização do salário mínimo até 2019
A presidenta Dilma Rousseff disse que a decisão do governo significa o reconhecimento de que as ações de crescimento da economia não se dão ?em detrimento do trabalhador?.
Terça, 24 de março de 2015
08:29
Chapeu SAÚDE
Secretaria contrata limpeza em caráter emergencial
Alguém deveria lembrar ao secretário que "não basta a mulher de César ser honesta, mas, tem que parecer honesta".

+ ver todas as matérias
Eparre

 CPI da Copa


Começou tarde. Antes tarde do que nunca. Espera-se que os deputados não façam apenas politicagem com a CPI. A população está cheia de discursos vazios de deputados enraivecidos para alguns minutos de fama. Espera-se seriedade nesse trabalho.

 Incompetência


A execução das obras da Copa constituiram-se na mais cabal demonstração de incompetência gerencial de se que se tem notícia. Nenhum cronograma funcionou. Nenhuma obra ficou concluída a tempo e sem defeitos.

 "Cases"


Escolas de Engenharia e de Administração - desculpas pela afetação do "case" - costumam estribar aulas em casos de sucesso. A academia gosta da expressão "cases" com a pronúncia inglesa. Pois é. Espelham-se em "casos de sucesso" para que os formandos construam uma boa base de conhecimentos.

 "Case" de fracasso


Em matéria de "case de fracasso", estranhamente, as obras da Copa foram um sucesso. Um sucesso, claro, do que não deve ser feito. Também pode ser explorado. A incompetência nesse nível deve ser mostrada como um exemplo a não ser repetido.

 CPI dos Incentivos Fiscais


O Secretário de Desenvolvimento foi mundio com um calhamaço com 889 empresas favorecidas pelos incentivos fiscais. Deu-se ao trabalho de separar as que cumpriram totalmente as finalidades para a instituição do incentivo, das que atingiram parcialmente os objetivos propostos e as que, simplesmente, se beneficiaram do incentivo fiscal.

 Regime especial


Há um capítulo à parte previsto para o regime especial de tributação. Espera-se que os deputados façam uma varredura na tal "estimativa segmentada" que afugentou empresas e criou cartéis que se beneficiavam da "anticoncorrência".

Eparre

Terça, 24 de março de 2015
Decio de Assis
Não é para combater a corrupção? Ou isso é discurso pra arregaçar os outros?

Terça, 24 de março de 2015
Irineu
Eu acho esses empresários muito quietos. Cada um vai tratar de ganhar o seu em silêncio. Se alguém se ferrar melhor. Sobra mais.

Terça, 24 de março de 2015
Irineu
Eu acho esses empresários muito quietos. Cada um vai tratar de ganhar o seu em silêncio. Se alguém se ferrar melhor. Sobra mais.

Terça, 24 de março de 2015
Odacir Amorim
Será que vai ser essa a grande obra do Taques? Se for estamos "fud".

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
Comerciais muito engraçados e criativos diga-se de passagem.
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados