Cuiabá (MT), terça, 23 de maio de 2017
Turma do Epa
Quinta, 20 de abril de 2017, 08h56
Chapeu CPI do VLT

Deputados querem cancelamento de contrato

Se havia alguma esperança de que as obras do Veículo Leve sobre Trilhos pudessem ser retomadas, CPI pode ser a pá de cal.
Itamar Perenha  / Cuiabá-MT

Primeiro foi o mal estar do deputado Jajah Neves (PSDB) que reclamou da volta do titular Wilson Santos à Assembleia Legislativa.

Sob alegação de falta de comunicação, Jajah, também um comunicador, certamente não viu nos jornais e outros noticiosos o que foi amplamente divulgado: o retorno de WS à Assembleia para acompanhar o relatório da CPI do VLT.

Não que o deputado não honre a sua suplencia, mas, pelo desconforto em se ver fora do mandato.
Poderia, numa atitude política mais compatível, reclamar menos e pela imprensa.

Um esforço inútil

O deputado Wilson Santos, depois de ter participado das discussões para a lavratura do Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público visando à possível retomada das obras, fez um esforço inútil numa madrugada ingloria: pediu vistas, viu, reviu e, ao final, desistiu de um relatório alternativo por volta de 3 horas da madrugada.

Uma disputa sem propósito

O tonitruante deputado Oscar Bezerra (PSB) reverberou no vazio ao se indispor contra uma eventual mudança do relatório da CPI como se esse documento fosse uma frágil obra-prima incapaz de suportar o menor choque. Aliás, o deputado tem um modo bastante peculiar se portar no Parlamento: é ciclotímico e se opõe não raro por apenas se opor.

Ao menos se mantém fiel ao seu estilo e a conquista da Prefeitura de Juara, seu principal reduto eleitoral, aconteceu mais por WO do que por seu prestígio e não é difícil se aperceber o porquê.

As mazelas da cidade só não são maiores pela atuação apartidária do governador que trata a todos os municípios sem viés partidário de qualquer natureza com um republicanismo raro de se ver.

Devolução de 360 milhões e fim do VLT

O relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito que, diga-se de passagem, não sofrerá qualquer manobra do governo apesar da presença do deputado Wilson Santos, com inegável capacidade de dar uma contribuição mais efetiva do que o papel de mero observador, poder levar, ao menos ao conhecimento geral do Parlamento, os termos e condições pactuados com o Ministério Público a viabilizar uma futura retomada das obras.

Gestão Taques não fez um palmo de VLT e, portanto, não cometeu irregularidades

O burburinho de irregularidades apontadas nas obras não aflige a gestão Taques, pois, até agora, o governador não fez um palmo de obra para implementar o VLT, buscando a justiça da uma avaliação de posições e tomada de decisão que respalde a manutenção do Consórcio entre as empresas Construtora Santa Bárbara, Construtora C.R. Almeida, CAF Brasil Indústria e Comércio e Astep Engenharia vencedoras da licitação e, nesta temporada magra de obras, com perspectiva de retomarem as obras via governo marcado pela responsabilidade em seu processo decisório.

Uma posição de governo

Kleber Lima, chefe do Gabinete de Comunicação, num estilo conciliador que nem lhe parece próprio, ressaltou a contribuição do Legislativo com a CPI já que as irregularidades que forem apontadas no relatório, mesmo que precisem ser corrigidas, referem-se à gestão passada e considera importante a tomada de posição da CPI.
Disse, por outro lado, que o Termo de Ajustamento de Conduta lavrado com o Ministério Público e que vai, necessariamente, desembocar na Justiça colocará os trilhos processuais para se tenham trilhos reais cortando a capital e Várzea Grande.

É, ao menos, o que se espera apesar dos ruídos que se ouvem.


 leia também
Terça, 23 de maio de 2017
09:24
Chapeu MADEIRA-MAMORÉ
Homenagem aos 105 anos da ferrovia
Exposição "Trilhos do Tempo", com obras do artista plástico Amaury Dantas, fica em cartaz na Galeria Lava Pés até 26 de maio
09:21
Chapeu DOR DE CABEÇA
Pesquisa revela que 81% se automedicam
O número de pacientes que estão tomando medicação sem orientação foi um dado que deixou os médicos da ABN alarmados
09:17
Chapeu FESTIVAL DE CANNES
Clint Eastwood deu aula de cinema
Cineasta vai completar 87 anos no próximo dia 31 de maio e não precisa provar nada a ninguém
Segunda, 22 de maio de 2017
19:39
Chapeu Justiça
Defesa de Temer desiste de recurso no STF que pedia suspensão de inquérito
A defesa do presidente Michel Temer desistiu hoje (22) do recurso no qual solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão das investigações relacionadas ao presidente.
19:38
Chapeu AGROMAIS
Ministério da Agricultura entrega Kits de irrigação
O programa vai qualificar 5.000 pequenos produtores
Domingo, 21 de maio de 2017
19:07
Chapeu Delação premiada
Associação critica falta de perícia prévia em áudio entregue por dono da JBS
A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais divulgou nota questionando o fato de a Procuradoria-Geral da República (PGR) não ter periciado o áudio da conversa que o empresário Joesley Batista, dono da JBS, gravou com o presidente Michel Teme
Sábado, 20 de maio de 2017
20:58
Chapeu Delação JBS
Temer vai pedir ao STF suspensão de inquérito até que gravação seja periciada
Em pronunciamento na tarde deste sábado (20), o presidente da República, Michel Temer, disse que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o inquérito aberto contra ele seja suspenso
20:53
Chapeu  EM SETEMBRO
Ballet da Ucrânia vem dançar Tchaikovsky em Cuiabá
Companhia celebra seus 150 anos com turnê pelo Brasil, apresentando-se em oito cidades, incluindo a capital mato-grossense
20:49
Chapeu NOVA YORK
Basquiat supera US$ 110 milhões em leilão
Com o preço alcançado, Basquiat, que morreu com 28 anos, chega ao patamar de artistas como Andy Warhol, Francis Bacon, Roy Lichtenstein, Jackson Pollock e Picasso
20:41
Chapeu ANIVERSÁRIO
Livramento (MT) comemora 287 anos
Programação se desenvolve sábado e domingo com comercialização de produtos regionais e atrações culturais, como destaques.

+ ver todas as matérias
Eparre

 Temer e os Irmãos Batista


A relação do presidente Michel Temer com os Batista, segundo dados de uma investigação determinada pelo ministro Edson Fachin do STF, foi bastante próxima a ponto de Joesley, suspeito, junto com o irmão, nas operações Sepsis, Cui Bono e Greenfield (fora outras duas instauradas), ser recebido sem quaisquer incômodos pela segurança da presidência, ingressando no porão do Palácio Jaburu onde, clandestinamente, conduziu uma conversação capaz de comprometer seu interlocutor.

 Ação controlada


A Procuradoria Geral da República, através de uma "ação controlada", obteve provas de pagamento de propinas ao peemedebista, deputado Rodrigo Rocha Loures, da mais absoluta confiança do presidente, incumbido de resolver problemas no fornecimento de gás que lhe garantiam e, suspeita-se, a Michel Temer, a "módica" quantia de R$ 500.000,00 por semana durante 20 anos, num total de R$ 486 milhões de reais. A entrega da primeira parcela foi integralmente filmada e acompanhada por agentes da Polícia Federal.

 Mala desaparecida


As notas, sequenciadas e marcadas, foram entregues ao deputado que viajou, pouco depois, para Nova Iorque, retornando ao Brasil onde o seu afastamento das funções parlamentares já foi decidido pelo STF. A mala está desaparecida. Não se teve, ainda, notícias do dinheiro circulando pelo mercado financeiro.

 Golpe não se sustenta


Tudo leva a crer que o golpe que apeou a ex-presidente Dilma Roussef do poder entra em convulsão. A parada nas Casas Legislativas é um péssimo sintoma, por mais que Eunício Oliveira (PMDB) e Rodrigo Maia (DEM(, respectivamente presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados demonstrem alguma iniciativa para fazer as reformas propostas caminharem. Esse estado de "suspense" é indicativo de que os deputados e senadores, em visita as respectivas bases, estão avaliando a situação para verificar, afinal, para onde navega o Titanic para ver se há tempo de desviá-lo do iceberg. Falta apenas quem toque o violino para aliviar as angústias do naufrágio.

Eparre

Segunda, 22 de maio de 2017
K.W
Tenho me divertido mais com as caricaturas da internet. Isso me parece uma grande futrica. Nada mais. E se me escutaram devem é ter achado graça de tanta bobagem que falo. Também coisas sérias. Mas acho bom ver pq não é esse o caminho certo.

Quinta, 18 de maio de 2017
Lourival Ferreira
Acho bom que as instituições se movimentem para apurar mas isto é praxe na rotina de correição do TJ.

Sábado, 13 de maio de 2017
Celio
O TCE tem culpa no cartório. Pra que tantos auditores e a nata do serviço público não consegue enxergar nada de errado quando todos falam que tem.

Sábado, 13 de maio de 2017
Odacil Ferreira
Sempre achei esse site muito simpático ao Riva pai e agora aos Riva filhos. A Janaína "não sabia de nada" o irmão "não sabia de nada" e o capataz "não sabia de nada". A moda pegou.

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
Melhor truque com cartas de todos os tempos
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados