Cuiabá (MT), sexta, 27 de abril de 2018
Turma do Epa
Segunda, 19 de junho de 2017, 08h59
Chapeu FESTIVAL DAS FLORES

Na Praça da República até 25 de junho

Em sua 14° edição, o evento traz a Cuiabá mais de 200 espécies de plantas vindas diretamente da Holambra (SP), que estão disponíveis para a comercialização
Redação  / Cuiabá-MT

O Festival das Flores já faz parte do calendário oficial do município de Cuiabá. Em sua 14° edição, mais de 200 espécies de plantas vindas diretamente da Holambra (SP) estarão à venda, a partir desta quinta-feira (15), na Praça da República. 

O festival vai até o dia 25 de junho, funcionando no horário das 9h00 às 21h00, inclusive sábados e domingos. As plantas e flores são comercializadas a preços populares, assim como outros produtos ligados à jardinagem e decoração. O evento ainda promoverá um workshop com oficinas gratuitas das 17h00 às 21h00, ensinando a montar vasos terrários dentro de vidros.

Promovido desde 2003, o Festival das Flores encanta a população com plantas das mais variados espécies, que chamam a atenção pelas cores, formas, aromas ou simplesmente por serem exóticas, como é o caso das plantas carnívoras.
 
Os recursos arrecadados são aplicados no desenvolvimento de ações beneficentes. Uma característica marcante do festival é a participação de mais de 150 voluntários, que se revezam para atender com carinho e alegria as pessoas que passarão pela Praça da República. De acordo com o presidente da Casa da União Santa Luzia, Edimir Bispo Santos, o festival é de grande importância para a instituição assim como a parceria com a prefeitura.

“Estamos buscando pareceria com o município para dar continuidade ao projeto Luz do Saber, que está parado por falta de recursos. Esta ação visa atendar jovens e adultos na alfabetização, bem como, o uso do computador como ferramenta de ensino. A expectativa é começar no início do ano letivo em 2018”, disse o presidente.

Entre as atividades desenvolvidas pela Casa da União Santa Luzia estão cursos para inclusão digital, capacitação profissional e a realização de eventos beneficentes com atendimento médico, orientação nutricional, atividades de lazer e cultura, doação de brinquedos, cestas básicas, entre outros. No entanto, o foco do trabalho social da Casa da União tem sido a alfabetização de jovens e adultos, feita por meio do projeto Luz do Saber.
 
Atualmente o festival é a principal forma de arrecadação de recursos para a Casa, visando dar continuidade a seus projetos e, dessa forma, beneficiar ainda mais pessoas.

 leia também
Terça, 24 de abril de 2018
21:21
Chapeu FEEF
Déficit fiscal e fundo sem fundos
Resistência legislativa e o pior dos mundos
09:20
Chapeu Ibope
Só 19% dos brasileiros pretendem ter filhos nos próximos 2 anos O Nordeste é a região onde as pessoa
Nos próximos dois anos, apenas 19% dos brasileiros pretendem ter filhos, 17% por gravidez e 2% por adoção.
Segunda, 23 de abril de 2018
17:34
Chapeu saúde
Anvisa autoriza venda de novos genéricos para HIV e pressão alta
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu aval para a comercialização de quatro novos medicamentos genér
17:32
Chapeu economia
Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado
O Comitê Gestor do Simples Nacional publicou hoje (23), no Diário Oficial da União, a regulamentação do Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.
17:26
Chapeu comitiva barrada
Juíza nega visita de Dilma, Ciro Gomes e deputados a Lula na prisão
A comissão de deputados pretendia fiscalizar in loco as condições de encarceramento do ex-presidente.
17:24
Chapeu educação
Inep aprova 87% dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aprovou 3.318.149 pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018
17:20
Chapeu reforma trabalhista
Decreto deve ajustar reforma trabalhista após MP perder validade
O governo deve editar nos próximos dias um decreto para ajustar pontos polêmicos da reforma trabalhista.
Quinta, 19 de abril de 2018
18:38
Chapeu SUCESSÃO
Taques rejeita cabresto
Recusa a terceirizar o "governo" gerou atritos
Segunda, 16 de abril de 2018
22:46
Chapeu Justiça
Juíza autoriza inspeção de senadores na carceragem onde Lula está preso
Um grupo de senadores vai fazer inspeção, nesta terça-feira (17), na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Lula cumpre pena de prisão desde o último dia 7 de abril.
22:39
Chapeu enem
Segurança da prova do Enem é a principal preocupação do MEC, diz ministro
O ministro da Educação, Rossieli Soares, garantiu hoje (16) que a principal preocupação do governo é para com a segurança e o sigilo das provas.

+ ver todas as matérias
Eparre

 Lula lá


Por enquanto incomunicável e na prisão, mas, tudo leva a crer que o discurso, pouco antes de se entregar à Polícia Federal, fez, de Lula uma ideia ambulante. Quem sabe interpretar pesquisas, sem maniqueismos, constata que Lula cresceu nas intenções de voto e na capacidade de transferir parte significativa deles.

 Protagonismo eleitoral


O grande eleitor do próximo pleito, preso ou em liberdade, continuará a ser Lula. Será o candidato do PT até a decisão final impeditiva da Justiça que, por óbvio, não fará justiça como não fez até agora.

 Reta final emocionante


A reta final do primeiro turno será impressionante. As candidaturas nos Estados serão secundárias e os que orbitarem no entorno de Lula ou do PT, agora oficialmente interlocutor da campanha presidencial, terão mais chance de se elegerem. É de uma obviedade cristalina.

 Racha no MDB


O racha no MDB, principalmente no Nordeste, é inevitável. Nem candidatura própria ou conjugada salva o MDB desse racha. Uma "foto autorizada" com Lula - há precedentes de candidatos que fizeram campanha na prisão - é, no Nordeste, uma alavanca e tanto para qualquer candidato.

 Legislativo x Judiciário


A fonte primária na nossa tradição romano-germânica de Direito continua sendo a lei. Estas são votadas pelos representantes eleitos pelo povo. A hermenêutica, a analogia e todo o esforço interpretativo (não vale a retórica chinfrim ante o direito positivado) não podem se sobrepor à legislação votada e chancelada pelos representantes do povo. O Judiciário, ao menos em matéria penal, vem procedendo de forma muito criativa, mas, chegou-se a um ponto em que a classe política será obrigada a reagir. Ou o faz, ou se perde. Impossível empurrar com a barriga.

Eparre

Sexta, 16 de fevereiro de 2018
K.W.
Estranha a edição. Essas agressões na Fecomercio não são gratuitas. Há muita sede de poder. Só pode.

Sexta, 15 de dezembro de 2017
Juvenal
Respondendo ao amigo.
Ficou para depois do carnaval..
Vai Brasillll!!!

Sexta, 08 de dezembro de 2017
Roberto Alves
Alguém acredita que a reforma da previdência sai em 2017?

Terça, 15 de agosto de 2017

Vocês estão todos no grampo. Se não for ilegalmente alguém da Justiça já deve ter determinado grampo em vocês. Ta todo mundo quietinho e aprovando prisão de qualquer jeito e vocês acham que prisão é pro cara ficar no bem bom?

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 HUMOR
Red Bull te dá asas! E não é que ele levou a sério.
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados