Cuiabá (MT), sexta, 28 de julho de 2017
Eparre
Quinta, 27 de julho de 2017
Ico_twitter  Ico_facebook

Grampos e subprodutos do poder

A substrato da "Grampolândia Pantaneira" é uma disputa de poder. Houve, de fato, pedidos de interceptação telefônica que transpuseram o Ministério Público e terminaram acatados por juízes que foram induzidos a erros nas respectivas decisões. Só não se tem notícia de qualquer gravação.


Ico_twitter  Ico_facebook

"Pero las hay, las hay"

Transcrições, resultados de gravações, clandestinas ou não, deveriam ter sido encontrados. Não foram. Equipamentos deveriam ser periciados, pois, há softwares capazes de recuperar dados insertos nas memórias de computador. Por certo esse trabalho será feito. As gravações são como as bruxas e o adágio espanhol: "Jo no lo creo em las brujas, pero las hay, las hay".


Ico_twitter  Ico_facebook

"Na briga do mar com rochedo quem apanha é marisco"

Esse é o ditado popular mais aplicável ao que vem acontecendo. Dizem que as escutas clandestinas começaram em 2014. Ora, Pedro Taques tomou posse em 1º de janeiro de 2015?. Se existiram "ordens" a comandos policiais, é evidente que tais comandos ainda não estavam subordinados ao governador eleito. Silval Barbosa tinha candidato. Se havia escuta clandestina com objetivo eleitoral o benefício, certamente, seria para o candidato dele. Se alguém tinha legitimidade para emitir ordens - ordens ilegais não se cumprem - seria, por óbvio, o governador no exercício da função.


Ico_twitter  Ico_facebook

Obras em Sorriso

O governador Pedro Taques inaugura hoje, na cidade de Sorriso, uma rotatória na rodovia estadual MT 242. Para completar a agenda, também participa da inauguração da nova sede do Senai.


Ico_twitter  Ico_facebook

Bola pra frente

Problemas existem em todo o tempo e lugar. Então, como a coluna hoje tem alguns adágios bastante conhecidos lá vai mais um: "Cada um com seus problemas", pois, no Brasil de hoje há especialistas capazes de cria-los onde não existe.


Quarta, 26 de julho de 2017
Ico_twitter  Ico_facebook

Boa convivência

O prefeito Zé Carlos do Pátio e o governador Pedro Taques dão mostras de boa convivência política demonstrando que, em matéria de interesse público, é possível - e devido, como sustenta o governador - prevalecerem benefícios à sociedade.


Ico_twitter  Ico_facebook

Duplicação da Avenida Rio Branco

O governo do Estado começa a duplicação da avenida Rio Branco, em Rondonópolis, facilitando o acesso à BR-364, com investimentos superiores a R$ 3 milhões de reais. Ao todo, 4 quilômetros de pavimentação asfáltica dando nova fisionomia aos Bairros José Sobrinho, Residencial Geraldini, várias ruas do Bairro Monte Líbano e do Residencial Padre Lothar.


Ico_twitter  Ico_facebook

Bom sinal

Enquanto a crise atinge diversos Estados - a rédea curta no manejo dos recursos públicos revelou-se medida acertada e indispensável - Mato Grosso consegue implementar obras em todos os municípios e, ainda, manter a folha de pagamentos em dia com a RGA negociada com os servidores.


Ico_twitter  Ico_facebook

Salsicha e governo

De um observador da cena jurídica a envolver o ex-governador e diversos integrantes do seu governo: "o governo era igual salsicha. Ninguém sabe do que são feitas. Parece, no entanto, que a receita final se estragou".


Ico_twitter  Ico_facebook

Bola pra frente

O Judiciário cumpre seu papel de descortinar a gestão passada e aplicar as punições devidas a quem não conseguiu se conter nos limites da lei. Em outras palavras: acerto de contas às vezes é doído demais.


Terça, 25 de julho de 2017
Ico_twitter  Ico_facebook

Sem substituição

Como, neste caso, trata-se de licença para permanecer no próprio país, não há necessidade de substituição e, portanto, o vice pode continuar se dedicando à agenda que desenvolve.


Ico_twitter  Ico_facebook

Licença de 3 dias

A licença de 3 dias tirada pelo governador para realizar exames em São Paulo vem provocando algumas apreensões quanto ao real estado de saúde de Pedro Taques. Como se sabe o governador sofreu 3 infecções pneumônicas ao longo deste ano.


Ico_twitter  Ico_facebook

Mau paciente

E Taques, como dizem alguns médicos, não é lá um modelo de paciente. Tem insistindo em voltar ao trabalho quando os médicos lhe recomendam repouso.


Ico_twitter  Ico_facebook

Leitura equivocada

"Repouso", no jargão médico, não é sinônimo de nada fazer. É uma redução nas atividades para a própria recomposição do organismo cujo sistema imunológico se deprime após cada infecção.


Ico_twitter  Ico_facebook

VLT - perto do texto final

Há um "augúrio" - expressão mais ao gosto da Procuradoria Geral do Estado - para que o novo texto do acordo sobre o VLT contemple todas as partes e que a obra possa, finalmente, ser reiniciada.




« anterior    |    1 - 2 - 3 - 4 - 5    |    próxima »
Eparre

Quinta, 13 de julho de 2017
Cadú
Quando o Lula vai ser preso hein?

Segunda, 03 de julho de 2017
Túlio
E agora foi o Geddel! Eita povinho carne de pescoço.

Quarta, 14 de junho de 2017
Lucio Ferreira
Será que o Zé do Pátio abilolou? O que está em dia mesmo seu Pátio?

Segunda, 12 de junho de 2017
Adailton Fernandes
O redator parece que acompanhou a sessão do TSE. Um resumo claro, demonstrando o trabalho que teve para decifrar os termos jurídicos. Essa ação vai dar o que falar. EPA MEU!

DEIXE SUA OPINIÃO OU COMENTÁRIO
Nome:
Texto:
Email:
Coluna:
Vídeos
 INFORME PUBLICITÁRIO
MT em Ação Caravana em Alta Floresta
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados