Cuiabá (MT), domingo, 19 de agosto de 2018
Epa do Leitor
Sábado, 30 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Lourival Ferreira

Por: Lourival Ferreira
Acho que a sucessão será mais simples do que parece. Não vejo a menor possibilidade de segundo turno em Cuiabá com candidaturas tão frágeis.


Ico_twitter  Ico_facebook

K.W.

Por: K.W.
Acompanho as reflexões do jornalista. Está por dentro da política.


Ico_twitter  Ico_facebook

Odacil Ferreira

Por: Odacil Ferreira
Acho que o jornalista deveria ir ao Senadinho. A coluna é debatida por lá.


Terça, 26 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Lucio Ferreira

Por: Lucio Ferreira
Se o Mauro errar na escolha arrisca-se a ir para um segundo turno e aí será um salve-se quem puder.


Ico_twitter  Ico_facebook

Abimael

Por: Abimael
O Valtenir agora vai saber porque o apelido do Bezerra é mão-de-pilão. Uma porque é pão duro e outra porque é traíra até na alma.


Ico_twitter  Ico_facebook

K.W.

Por: K.W.
Bezerra tá certo. Política é um negócio como tantos outros só que agora, depois da Lava Jato, ficou mais arriscado.


Sábado, 23 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Jocimar Arantes

Por:
Entre a notícia e a realidade que vocês expõem nos bastidores vou ser sincero: gosto mais da coluna e dos comentários porque não mentem jamais. A briga do Leitão com o Juarez em Sinop é um exemplo disso. E ninguém comenta na capital.


Quarta, 20 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Jocimar Arantes

Por:
Não sei pq vcs se preocupam com tucanos. O Leitão toma coça do Juarez em Sinop faz é tempo.


Ico_twitter  Ico_facebook

K.W.

Por:
Nós temos um grave problema. Ninguém quer ser oposição. Na Assembleia Zeca Viana é oposiçao e a Janaína de vez em quando.


Terça, 19 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Lucio Ferreira

Por:
E que estou sem zap zap. Isso tá virando bagunça. Por isso liguei e peço para você protestar como estou fazendo agora. Registro meu protesto. Tenho dito.


Sexta, 15 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Odacil Ferreira

Por: Odacil Ferreira
Não resisti e olhei o Parlamento Mirim. Vi atividades de hoje e trabalhos em andamento. Muito boa essa iniciativa da AL. O povo precisa saber também das coisas boas já que as ruins se propagam por si mesmas. Obrigado se publicarem.


Ico_twitter  Ico_facebook

Pedro Moreira

Por: Pedro Moreira
E o Roberto França? Vcs esqueceram dele? O Adevair não tem mais voto do que o França. Vcs estão doidos?


Ico_twitter  Ico_facebook

K.W.

Por: K.W.
O deputado Eduardo Cunha (PMDB) fez o "serviço sujo" com maestria. Agora - como se faz com qualquer traidor - prepara-se o descarte dele. Cunha esgotou o potencial de maldades com o impeachment. Vai, agora, provar do próprio veneno. Espero vê-lo atrás das grades apesar dos seus milhões...


Segunda, 11 de julho de 2016
Ico_twitter  Ico_facebook

Lucio Ferreira

Por: Lucio Ferreira
Todo mundo está acostumado a pegar dinheiro de político porque sabe que no fundo é dinheiro nosso mesmo. Agora: "doar"? Nem um centavo. Não vou dar nem aperto de mão nesta campanha.


Ico_twitter  Ico_facebook

K.W.

Por: K.W.
Esses caras estão acostumadosa irem à tripa forra. Vão derreter as banhas da mordomia. KKKKKKK



« anterior    |    2 - 3 - 4 - 5 - 6    |    próxima »
Eparre

 Campanha confusa


Há uma imensa articulação para o Caixa 2 conduzida pelos candidatos nas eleições proporcionais. Como a lição não parece ter sido aprendida e há muita gente precisando do mandato para se manter em liberdade tudo indica que não se verá grandes modificações na composição do Parlamento, tanto federal quanto estadual.

 Majoritária indefinida


Mauro Mendes protagoniza o suspense. Não diz que sim, nem que não. Muita gente gostaria que o quadro para candidatos a governador estivesse definido. Por enquanto continua apenas no nível de desejo. A Copa do Mundo não parece ter despertado tanto entusiasmo.

 Frio na fria


Os candidatos, em decorrência das competições, raciocinam com eleições anteriores, devidamente esquecidos de que o país vive um momento atípico e caminhando para uma encruzilhada. Até onde vai o aprofundamento do golpe ante a deterioração econômica que se vive? Ou seja, é uma "fria" no frio que parece ter dado uma trégua mas deve retornar.

 A escolha do candidato


O eleitorado está mais exigente em relação às candidaturas e hoje privilegia a "honestidade" em detrimento da "experiência". Isso significa que trajetória política anterior pode, inclusive, colocar em risco a biografia do candidato. Políticos profissionais caminham para a rejeição, mas, como detêm a máquina partidária na mão vão fintar tudo e todos para chegarem lá.

 Legalidade formal


A atipicidade do momento eleitoral em que a principal liderança política do país, Lula, continua na prisão transtorna o ambiente de pesquisas eleitorais. O PT continua com um grande "ativo político" que deve ganhar mais relevância ainda se mantido preso. Será a resposta à Justiça que não respondeu às normas e tratou de criar "para situações excepcionais, soluções excepcionais". Ingressamos, portanto, numa moderna ditadura sob o disfarce da legalidade formal.

 Regime de exceção


Só um regime de exceção promoveria o julgamento de Lula em tempo recorde:menos de 18 meses entre a denúncia e a condenação em segunda instância. A mesma pressa não se observa quanto à admissibilidade de recursos às instâncias superiores: Recurso Especial ao Superior Tribunal de Justiça e Recurso Extraordinário ao Supremo Tribunal Federal. E os "togados" não gostam do rótulo de "golpistas". Alguns, de fato, não o são. Mas, apenas alguns.

Vídeos
 HUMOR
Red Bull te dá asas! E não é que ele levou a sério.
HOME  |   TURMA DO EPA  |   PANORAMA  |   VÍDEOS  |   LEITURA  |   EPARRÊ  |   EPA DOS LEITORES
BROADCAST  |   QUEM SOMOS  |   DIREITO DE RESPOSTA  |   ANÚNCIOS  |   CANAL RSS  |   CONTATO
Copyright © 2011 - Turma do Epa. Todos os direitos reservados